Em Paranaguá-PR professores formam comitê contra o Golpe: Abaixo a Escola com Fascismo!

curitiba

Nesta quarta 28/11 ocorreu na sede da APP Paranaguá a 1ª reunião para formação do Comitê de Professores Contra o Golpe. Na reunião foi feito um informe político sobre os ataques da direita dentro e fora das escolas, ouvindo os professores e suas experiências e propondo ações para defendê-los contra a direita.

Companheiros do Comitê Resistência Carijó Contra o Golpe, ressaltaram que a direita tenta implementar o projeto Escola Com Fascismo para acabar com a liberdade de expressão, começando pelas escolas, e inaugurar uma “caça as bruxas” em todo o país, bem como que os professores de Paranaguá estão corretos na tarefa de envolver a comunidade escolar (trabalhadores da educação, estudantes e pais) para combater os fascistas dentro e fora das escolas.

Também falou-se da eleição fraudulenta de Bolsonaro, que anunciou a destruição do Ensino Médio e da Educação Pública, e que a sobrevivência dos professores, tanto da APP (nível fundamental, médio e técnico), como do nível municipal e superior, passa pela luta organizada contra a direita e pela Liberdade de Lula e de todos os presos políticos!

A burguesia que financiou Bolsonaro quer fazer dos professores presos políticos dentro das salas de aula. Contra essa investida da direita, é necessário que os professores e demais trabalhadores da Educação impulsionem o movimento pela base, tal como fizeram em 2015 e 2016, com a APP liderando as grandes greves em paralelo às ocupações dos secundaristas contra o governo golpista de Beto Richa (PSDB).

O Comitê de Professores Contra o Golpe chama toda a categoria para a próxima reunião, dia 05/12 às 19h na APP Paranaguá, bem como a se somar ao Fora Bolsonaro deste dia 30/11 às 09:30 na Praça Fernando Amaro em Paranaguá-PR. Abaixo a Escola com Fascismo! Fora Bolsonaro e todos os golpistas!