Menu da Rede

Membro da Direção Nacional do PCO. Secretário de Agitação e Propaganda do Partido. Formado em Ciências Sociais.

  • Capa
  • Blogs
  • Zambarda e Segalla do DCM: mercenários travestidos de jornalistas

A ideologia do quem paga mais

Zambarda e Segalla do DCM: mercenários travestidos de jornalistas

Os jornalistas escolhidos pelo DCM para caluniar o PCO apenas estão dando continuidade ao legado golpista de suas carreiras

Para realizar o trabalho sujo de caluniar o PCO, mentindo sobre uma suposta corrupção do partido, ou seja, uma acusação de tipo policial, o Diário do Centro do Mundo contou com duas figuras perfeitas para o trabalho: Pedro Zambarda e Vinícius Segalla. Os dois assinaram a última matéria com as acusações contra o PCO. Os dois são perfeitos para esse serviço. Vejamos por quê.

Chama-los de jornalistas seria um erro, mas como vivemos em tempos decadentes, devemos ser justos: fazem um jornalismo podre e canalha como qualquer outro jornalista da imprensa golpista. Não espere nenhuma identificação ideológica, sua única ideologia é o dinheiro. Já diz o dito popular: “pagando bem, que mal tem?”

Não precisamos nos esforçar muito. Vinícius Segalla foi articulista do UOL Esporte, portal da golpista Folha de S. Paulo. Seu blogue ali era dedicado a fazer campanha contra a Copa do Mundo de 2014, no auge da ofensiva golpista da direita contra o governo Dilma. Essa dedicação de Segalla não é força de expressão. Pelo menos durante o ano de 2013 ele era uma espécie de especialista em denunciar a Copa do Mundo. Quase não se vê outro assunto em seu blogue no UOL/Folha que não sejam denúncias de suposta corrupção, atrasos nas obras, críticas aos estádios etc.

Segalla foi um funcionário contratado pela imprensa golpista para repercutir essas denúncias no auge da campanha golpista do Não Vai ter Copa. O que prova que essa campanha era golpista e articulada pelo imperialismo, diferente do que Boulos e o PSOL querem fazer crer.

E por falar em Boulos, a dedicação de Segalla em caluniar a Copa e atacar o governo do PT explica porque é Segalla o escolhido pelo DCM para atacar o PCO. Boulos e Segalla têm muito em comum: Segalla era especialista em Não vai ter Copa na imprensa e Boulos era o especialista em Não Vai ter Copa nas ruas e ambos tinham seus espaços na Folha golpista para atacar o governo Dilma.

Agora, os dois aparecem novamente relacionados para atacar o PCO depois que este Diário fez uma série de publicações mostrando justamente as relações de Boulos com setores da direita golpista e pró-imperialista.

Para os que ainda acham que estamos exagerando sobre a função desempenhada por Segala no UOL Esporte, deixamos aqui apenas uma pequena amostra de artigos publicados quase diariamente por ele durante o anos de 2013. Para quem quiser saber melhor como tudo era uma campanha política bem coordenada contra a Copa e consequentemente contra o governo do PT, pode acessar o blogue que, embora desativado, ainda preserva seus artigos.

Essencial para a Copa, reforma do Porto de Manaus terminará só em 2015

PE adia entrega de principais obras urbanas para três meses antes da Copa

Clubes do AM não usarão Arena Amazônia no Estadual, e estádio dará prejuízo

Pela 1ª vez, governador de MT admite que VLT não fica pronto para Copa

Com atrasos, governo muda discurso e diz que obras da Copa não são da Copa

O escandaloso trem da alegria de Agnelo Queiroz

Obra de R$ 100 mi de estádio em Roraima paga pela Caixa tem superfaturamento e gestão omissa

Promotoria investiga suspeita de superfaturamento de até 1000% em compras para sede da Copa em MT

Corrupção funciona assim

Arena da Baixada: R$ 99 mi mais cara, um ano de atraso e gambiarra para ficar pronta a tempo

Principal obra de “legado” da Copa em BH está R$ 115 milhões mais cara e 20 meses atrasada

Obra de R$ 346 mi em aeroporto no RS atrasa 3 anos, e só “puxadinho” ficará pronto para Copa

Como se pode ver, Vinícius Segalla trabalhou bastante contra a Copa e o governo do PT. Afinal, “pagando bem…”.

Seu parceiro “investigativo”, Pedro Zambarda, também é da mesma “ideologia comercial” de Segalla. Ele foi contratado por Joice Hasselman, aquela histérica bolsonarista, para ser seu Ghostwriter. No livro Hasselman, ou melhor, Zambarda xinga Lula e Dilma no melhor estilo coxinha e defende a grande operação Lava Jato.

O DCM escolheu mesmo os melhores para fazer o trabalho sujo contra o PCO. As calúnias de tipo policialesca contra o partido são a continuidade da grande obra mercenária e golpista de Zambarda e Segalla. Sua ideologia do “pagando bem, que mal tem?” também pode ser traduzida em outro ditado popular, esse, porém mais escatológico: “dinheiro na mão, calcinha no chão”.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.