Menu da Rede

Acompanhe o Resumo do Dia na COTV

  • Capa
  • Editorial
  • E daí que alguém “de esquerda” pediu cadeia para Lula?

Política sem compromissos?

E daí que alguém “de esquerda” pediu cadeia para Lula?

Ao contrário de um operário, Zambarda prestou um serviço político para Joice Hasselmann, escrevendo para ela uma peça publicitária do golpe

Uma campanha em prol o golpe de estado – Reprodução

Receba o DCO no Email

Para quem está acompanhando a campanha de calúnias do Diário do Centro do Mundo (DCM), contra o Partido da Causa Operária, já deve ter percebido que o portal trata, assim como o seu promotor, Guilherme Boulos, toda e qualquer aliança da esquerda com a direita golpista (vide IREE) como algo natural, um “pluralismo”, como diz o candidato do PSOL.

No mais recente capítulo desta história de alianças da “esquerda” com o regime golpista e com o imperialismo estão as ligações de Pedro Zambarda com ninguém menos que Joice Hasselman, uma bolsonarista de carteirinha que se criou em meio à perseguição política contra a esquerda, sobretudo Lula e o PT. O Diário Causa Operária revelou que os ataques de Pedro Zambarda a uma organização de esquerda estão longe de ser uma novidade para o “jornalista”, mas sim que o mesmo é um pistoleiro da comunicação, que no passado foi o ghost writer de Hasselmann em um livro sobre a Lava Jato que acusa o PT dos mais diversos crimes.

Nesse livro, escrito por Zambarda, o mesmo que hoje se coloca como um “esquerdista” contra o PCO, defende-se todas as barbaridades do regime golpista, em especial, a operação Lava Jato, chamando Lula de “nove dedos” e Dilma de “terrorista”, dentre outras coisas.

Após ser desmascarado seu trabalho pérfido para a burguesia golpista, Pedro Zambarda e seu chefe, Kiko Nogueira, passaram a utilizar os mesmos argumentos de Guilherme Boulos, afirmando que não tem problema nenhum escrever para Joice Hasselmann, assim como não teria problema ser pago pelo IREE e pela Folha de S.Paulo.

Esses elementos tentam passar a ideia de que o trabalho que realizam para a direita é o mesmo de qualquer trabalhador que vende sua força de trabalho para um capitalista, que não necessariamente compactua dos mesmos ideais. Contudo, este argumento cínico ignora algo fundamental, que como mesmo explica Trótski, enquanto o operário vende sua força de trabalho sem precisar sacrificar suas ideias, o intelectual vende sua alma ─ embora seja uma enorme forçação de barra chamar o pífio Zambarda ou Boulos de “intelectuais”.

O trabalho exercido por Zambarda é muito diferente de uma faxineira ou de um motorista, por exemplo. Ao contrário de um operário, Zambarda prestou um serviço político para Joice Hasselmann e a direita fascista, escrevendo para ela uma peça publicitária, de propaganda política de sua figura, encomendada pela Lava Jato e pela ditadura do regime golpista.

O papel que Pedro Zambarda exerce é de propagar a campanha em prol do golpe de estado, de perseguição política contra a esquerda, em especial de Lula e do PT. Quanto a isso, não há dúvidas da enorme diferença entre os trabalhos prestados por um pseudointelectual iletrado e um trabalhador de verdade.

Este fato, inclusive, é crucial para compreender a que serve Pedro Zambarda e sua campanha baixa contra o PCO. Fazendo o trabalho sujo do PSOL e de Boulos, que adotam os mesmos métodos da burguesia golpista, o DCM e seus “jornalistas” se lançam na campanha de criar uma Lava Jato contra o PCO e a esquerda, claramente a serviço dos interesses do regime golpista. Para quem um dia já ganhou dinheiro publicando livros em defesa de figuras fascistas, da Lava Jato e do golpe de estado, não é difícil imaginar que o mesmo repita a dose contra a esquerda e os trabalhadores.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.