Por que os países pobres ficam felizes quando o Brasil vence no futebol?

Captura de Tela 2018-07-07 às 22.55.44

No Twitter, um usuário de nome “africasacountry” fez a seguinte pergunta para os milhares de usuários da rede social: “pergunto para um amigo africano, por que as pessoas do sul/terceiro mundo geralmente ficam tão felizes com a vitória do Brasil no futebol?”

 

Perguntei para um amigo africano: por que as pessoas do sul / terceiro mundo geralmente são tão felizes quando o Brasil vence?

As respostas surpreenderiam todos aqueles que mesmo morando no Brasil, torceram contra a seleção brasileira tanto em 2014 quanto agora. Em especial a esquerda pequeno burguesa, que nesse assunto, ignora totalmente a característica popular do esporte e parte para o ataque contra a seleção e todos os brasileiros que torcem pela seleção e apreciam o futebol.

“O censo mais recente mostra que quase 100 milhões de brasileiros se consideram negros. Eles possuem de longe a maior população de diáspora africana. Eles são nós, então celebramos suas vitórias como as nossas.” diz Fiona Lortan.

 

“Provavelmente não é a pessoa que você está procurando para responder isso, mas não é porque eles são multi-étnicos? Eles são muito fáceis de identificar também. Eles quebram todos os estereótipos que cercam os jogadores pretos e marrons.”

“Não, cara, é porque eles fazem o futebol parecer dança.”

“Honestamente, o Brasil faz o futebol bonito. Eu não conheço nenhum time europeu que jogue assim. Até mesmo o Gana em 2014. O futebol deles tinha esse ritmo que fez com que fosse um prazer vê-los jogar.”

“Eu acho que ninguém mais do que Marcelo, sua linda cabeça saltando quando ele se agita e passa pela oposição, como se a dança fosse o ponto de tudo e a bola aparecesse apenas como uma reflexão tardia.”

“Falando como um sul-africano, muitos deles se parecem conosco e dançam como nós. O parentesco é enorme e começou com Pelé.” Diz Mumba

“Eles também se comportam como nós. Bom e mau.” diz Busi

“Eles parecem estar se divertindo, não fazendo guerra.” Vivek Menezes

“Porque os jogadores brasileiros são excelentes atletas e muitos deles são negros, descendentes de antigos escravos africanos. Também os brasileiros ganham com frequência – não importa onde estejam – e todos adoram vencedores.” Yaba Badoe

“Eles representam o triunfo e a luta sobre a pobreza. O Brasil geralmente é um time com o qual o homem comum pode se relacionar e eles nos fazem sonhar.” Albeyzo

“Meu primeiro apoio ao Brasil foi aos 8 anos durante a Copa do Mundo de 1994. Romário, Bebeto – uma equipe que se parecia comigo e venceu.” Brad Brockman

Um outro usuário da Índia, ainda complementa: “Deve ver essas fotos de Kerala, na Índia. Metade de nós somos loucos pelo Brasil e a outra metade pela Argentina”, no tweet abaixo:

Para acompanhar a discussão, segue o twitter do usuário:

Como já foi dito por esse site em um artigo anterior: o Brasil deixa a Rússia com cabeça erguida. Cada vez mais consciente e consistente. O futebol dos povos atrasados tem de ser 3 vezes melhor para vencer, pois enfrenta além dos 11 adversários, a imprensa e o juiz.

O imperialismo comemora, a taça é praticamente sua, o time falando inglês ou francês. Bilhões correrão para os bolsos da gigantes do material esportivo. A manipulação custou em vários casos a beleza do jogo e várias seleções que mereciam estar na disputa.

O futebol brasileiro está se reerguendo, reaprendendo a enfrentar o juiz e a violência desenfreada, aprendendo a enfrentar a campanha da imprensa e conta com o apoio de todos os povos oprimidos do mundo.