Siga o DCO nas redes sociais

Universidade de Férias
Integralismo sai do armário. Veja como combater na Universidade do PCO
O integralismo se reorganiza por todo país, por isso o PCO irá realizar a Universidade de Férias tratando do tema e ensinando como combater a extrema-direita.
Integralistas
Universidade de Férias
Integralismo sai do armário. Veja como combater na Universidade do PCO
O integralismo se reorganiza por todo país, por isso o PCO irá realizar a Universidade de Férias tratando do tema e ensinando como combater a extrema-direita.
Para entender como esmagar os fascistas, venha para a Universidade de Férias!. Fonte: Acervo O Globo
Integralistas
Para entender como esmagar os fascistas, venha para a Universidade de Férias!. Fonte: Acervo O Globo

Considerados até então “meia dúzia de gatos pingados” pela iludida esquerda pequeno-burguesa, hoje o integralismo volta à tona no Brasil demonstrando uma reorganização acentuada nos últimos anos, sobretudo após o golpe de Estado de 2016, e ainda mais com a ascensão de Jair Bolsonaro ao poder, uma figura fascista responsável por fortalecer a extrema-direita nacional.

Os fascistas saíram do armário rapidamente. Com o apoio explicito da burguesia que os financia, organizações como a FIB (Frente Integralista Brasileira), a maior organização fascista no Brasil, já declaram ter mais de 8 mil filiados, quadros militantes por todo país, acompanhando as últimas notícias que divulgam a existência de centenas de células fascistas e nazistas no Brasil inteiro.

Com o avanço da extrema-direita, ataques às organizações populares, brutais assassinatos de militantes e acontecimentos como o incêndio na sede da Porta dos Fundos, denotam a realidade que estamos vivendo e servem de grande alerta para toda a esquerda brasileira.

Os fascistas já anunciaram a intenção de formar um novo partido, após forte ligação com o PRTB, de Levy Fidelix, e o Patriota, fundando pelo integralista Paulo Fernando, atual assessor de Damares, os integralistas falam no desejo de recriar o PRONA, e chamar o 5º congresso nacional do movimento, junto a uma grande marcha em um evento previsto para este mês que comemorará o aniversário de 125 anos de Plínio Salgado, o maior líder integralista.

Por isso, o Partido da Causa Operária, entendendo a gravidade do momento em que vivemos, faz um chamado a toda a militância que quer lutar contra o golpe e o fascismo a participar da Universidade de Férias e Acampamento da AJR.

O papel fundamental da Universidade de Férias é esclarecer, com um profundo debate baseado na política revolucionária marxista, o que de fato é este movimento fascista que estamos lidando, o que ele representa em nossa sociedade que caminha para um total colapso pela crise geral do capitalismo.

Porém, ao contrário de meras aulas acadêmicas, das quais todos estão fartos de ouvir graças a sua falta de conteúdo prático e ensinamentos reais para combater o problema, as aulas do curso sobre o Fascismo presentes na Universidade de Férias tem uma conotação completamente diferente.

Organizadas em um curso de vasto conteúdo baseado em escritos de revolucionários como Leon Trotsky e outros tantos militantes que viveram na prática a luta contra a extrema-direita, as aulas do “Fascismo, o que é e como combatê-lo? Parte 2” servirão como uma forma de ensinar a todos os presentes quais meios são necessários para de fato combater seriamente os fascistas.

Resultado de imagem para universidade de férias
Primeira parte do curso, feita em 2019, pode ser vista aqui: Fascismo. O que é, e como combatê-lo. Parte 1

Deixando de lado discursos filosóficos fora da realidade, o PCO, partido atuante na vanguarda da luta contra os golpistas e a extrema-direita, leva a sério a luta contra os fascistas, e entende que ela ultrapassa as meras marcas eleitorais. Sendo assim, o curso todo, este ministrado pelo presidente do partido, o companheiro Rui Costa Pimenta, buscará esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao movimento e instruir para uma organização prática de combate a extrema-direita, que necessariamente passa também pela derrota dos golpistas.

A Universidade de Férias ocorrerá dos dias 17 ao 25 deste mês de Janeiro, na cidade de Ibiúna, interior de São Paulo. Não perca a oportunidade de estar presente no maior curso de formação política da esquerda brasileira e garanta sua presença.

Saiba mais sobre a Universidade de Férias e tudo que haverá lá: Universidade de Férias: fascismo na Espanha, Portugal, Japão e Brasil