Quilombo Campo Grande
A direita do estado de Minas Gerais despejam de maneira violenta as famílias do Acampamento Quilombo Campo Grande, em Campo do Meio (MG)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
campo grande3 (1)
PM executando o despejo | Imagem: MST/MG

A polícia militar de Minas Gerais realizou o despejo e jogo nas ruas em meio a pandemia milhares de pessoas que viviam há 20 anos no Acampamento Quilombo Grande, em Campo do Meio (MG). Um conluio entre os latifundiários, o bolsonarista Romeu Zema e o judiciário atacaram um acampamento símbolo do MST no estado de Minas Gerais.

O despejo foi realizado de maneira violenta e em meio a pandemia, expondo essas famílias que não tem para onde ir ao coronavírus. Vale lembrar que a pandemia está descontrolada ainda mais em Minas Gerais devido a política genocida do governador do Novo. A área pertencente a antiga Usina Adrianópolis, grupo que possui grande dívida com a União.

É preciso lutar contra essa situação e reorganizar as famílias para ocupar novamente a área se torne um assentamento da reforma agrária.

 

Veja abaixo as imagens do despejo:

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas