Itamaraty
Plataforma tirou do ar palestra que questiona a eficiência do uso de máscaras
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
LOS ANGELES, CA - SEPTEMBER 04: Los Angeles headquarters of You Tube on September 04, 2017 in Los Angeles, California.  (Photo by FG/Bauer-Griffin/GC Images)
YouTube | Foto: Reprodução

A plataforma de vídeos YouTube decidiu retirar de seu acervo um seminário da Fundação Alexandre Gusmão (Funag), vinculada ao Itamaraty. No seminário, o palestrante Carlos Ferraz afirmou que o uso máscaras faz mal à saúde de pessoas saudáveis.

Independentemente da bizarrice da colocação de Carlos Ferraz e do caráter fascista do governo Bolsonaro, fato é que a retirada do vídeo é uma censura. E, como toda censura, moralista e cínica. Há não muito tempo, a OMS, que é citada como referência pelo YouTube, não defendia o uso de máscaras, mas que apenas as pessoas permanecessem em casa.

Mesmo o censurado sendo um governo de extrema-direita, é preciso denunciar que plataformas como YouTube vêm desenvolvendo cada vez mais práticas antidemocráticas. E, como sempre, essas práticas se voltarão sobretudo contra a esquerda.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas