Redes sociais
Recentemente, militante bolsonarista havia divulgado dados de uma criança de dez anos que foi estuprada pelo tio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
winter
Sara Winter | Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (18), o YouTube decidiu encerrar as atividades da conta da militante bolsonarista Sara Winter. O YouTube ainda não se pronunciou a respeito dos motivos que levaram a essa decisão. É provável, no entanto, que Sara Winter tenha sido banida por ter divulgado dados de uma criança de 10 anos que foi estuprada pelo tio e que passou por um aborto assistido. A divulgação das informações, feita por Winter, permitiu que grupos de extrema-direita tentassem impedir o aborto.

A divulgação de informações, no entanto, não é uma exclusividade de Sara Winter. Frequentemente, a imprensa burguesa fornece informações com o objetivo de intimidar e constranger suas vítimas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas