3a denúncia contra Witzel
O governado do Rio de Janeiro Wilson Witzel, afastado por processo de impeachment em andamento, pela terceira vez é denunciado por corrupção
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
witzel
Wilson Witzel, governador do RJ afastado por processo de impeachment | Reprodução

Nesta terça-feira (15), Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro afastado devido processo de impeachment em andamento, foi acusado pela Procuradoria Geral da República (PGR) de receber propina no valor de 53 milhões de reais.

A denúncia diz que o empresário José Mariano Soares de Moraes seria o responsável pelo repasse da propina, que deveria garantir pagamentos da Secretária da Saúde para o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus.

A ocultação do valor teria sido realizada por meio de contratos do escritório de advocacia Nogueira & Bragança com Therezinha de Jesus. Essa é a terceira acusação de desvios na Saúde do Rio de Janeiro envolvendo Wilson Witzel.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas