Perseguição política
O chamado combate a corrupção operado pela direita através de instituições como a Polícia e o Judiciário não passa de uma farsa que tem como intuito atacar a esquerda e o povo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
gw
Gleisi Hoffmann presidenta nacional do PT e Wellington Dias Governador do Piauí | Foto: Reprodução

Na manhã de ontem (27) a Polícia Federal cumpriu uma série de ordens de buscas e apreensão contra o governador do Piauí, Wellington Dias (PT) por ordem da Justiça Federal do Piauí . O acontecimento é mais um desdobramento da ofensiva da direita contra os partidos e organizações de esquerda.

As buscas foram feitas na casa do governador no Piauí, no gabinete da deputada federal Rejane Dias (PT) que é esposa de Wellington Dias em Brasília (com autorização de Rosa Weber ministra o STF), na casa de um irmão da deputada, na sede da Secretaria de Estado e Educação do PI e em empresas também no Piauí, totalizando 12 mandados.

A justificativa dos golpistas para as investidas contra o PT é de que a ação seria parte de uma operação denominada “Operação Topique” que investigaria corrupção e fraude na secretaria de educação do Piauí e teria desviado 50 milhões de reais de programas para educação como Fundeb e do Pnate. Os mandados cumpridos ontem teriam o intuito de aprofundar as investigações, segunda a PF, mesmo que o envolvimento de Wellington Dias não esteja claro nem para a própria polícia e não haja nenhuma acusação.

Em nota o Partido dos Trabalhadores repudiou a operação policial e classificou o ocorrido como perseguição política: “OPERAÇÃO POLICIAL NO PIAUÍ É ABUSO DE AUTORIDADE O Partido dos Trabalhadores denuncia o abuso de autoridade cometido nesta segunda-feira (27) contra o governador do Piauí, Wellington Dias, a deputada Rejane Dias (PT-PI) e outros membros do governo estadual. Trata-se de mais um desvio em que agentes do estado e do governo federal são utilizados para perseguição política…”.

Essa perseguição política apontada pelo PT não se trata de algo isolado ou despropositado, mas de algo verdadeiramente organizado pela direita no sentido de atacar e desestabilizar a esquerda. Umas das formas encontradas para isto é justamente o ataque direto a governos de esquerda. Antes da perseguição contra Wellington Dias no Piauí a governadora do Rio Grande do Norte Fátima Bezerra (PT) já vinha sofrendo uma série de ataques da direita e já conta com dois pedidos de imptchmant contra ela no mesmo sentido do suposto combate a corrupção que é usado contra o governador do Piauí para fazer demagogia.

É preciso ter claro no entanto que o chamado combate a corrupção operado pela direita através de instituições como a Polícia e o Judiciário não passa de uma farsa. A direita não guarda nenhuma preocupação com o problema da corrupção, sendo na verdade um dos maiores responsáveis por estes esquemas; desta forma quando a  utiliza do discurso contra a corrupção os motivos são os mais podres possíveis como ficou visível com os desdobramentos da operação Lava-jato.

A operação lava-jato desde o princípio demonstrava seu verdadeiro intuito de atender interesses do imperialismo norte-americano atacando a esquerda nacional e perseguindo politicamente membros de partidos de esquerda e prender o ex presidente Lula para tornar possível a fraude eleitoral que levou Bolsonaro ao poder consolidando o golpe de estado contra a classe trabalhadora brasileira.

Com a quase completa desmoralização da Lava-jato principalmente depois que foram reveladas as suas relações com os EUA, outros caminhos estão sendo utilizados pela burguesia para continuar o legado da lava-jato e as buscas realizadas contra Wellington Dias são um desses desdobramentos. A unica maneira de responder a estas ofensivas é através da mobilização popular contra a direita exigindo o Fora Bolsonaro e todos os golpistas!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas