Oportunismo genocida
Mais uma vez, PCdoB coloca a sua política à reboque da burguesia e, ao lado do PSB, manda milhares de estudantes e professores à morte.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
LucianaSantos
Luciana Santos, vice-governadora de Pernambuco e presidente nacional do PCdoB. | Foto: Reprodução

Na última quarta-feira (20), o desembargador Fábio Eugênio Dantas Oliveira Lima, por decisão judicial, advertiu que, caso o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) deflagre greve, será cobrada multa de R$100.000,00 por dia de paralisação. Com isso, após assembleia remota, os sindicalistas decidiram por acabar com a greve que tinha como objetivo impedir a volta às aulas presenciais, colocando um futuro incerto para a categoria e, em geral, para a juventude pernambucana.

Em um primeiro momento, é preciso denunciar que esse tipo de punição jurídica representa uma violação clara do direito de greve, garantido pela própria constituição. O atual regime chegou em um ponto no qual pode assediar, de forma legal e escancarada, qualquer tipo de organização operária sem grandes oposições por parte da legislação. Ainda mais nesse caso em que a greve é fundamentalmente pelo direito à vida, a ação do governo de Paulo Câmara (PSB), encabeçada por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), se mostra como sendo completamente criminosa. É uma prova real de que o Partido Socialista Brasileiro, imerso num gozo frenteamplista, representa os interesses dos bolsonaristas e da burguesia, e não da população. 

Finalmente, foi o governo de Câmara que, pressionado pela burguesia e aliado às oligarquias locais que, em Pernambuco, representam um verdadeiro sistema de coronelismo; protocolou o pedido de volta às aulas presenciais. Não podemos nos esquecer que, apesar de toda a campanha que a imprensa burguesa tem feito, a pandemia ainda existe e, acima de tudo, piora a cada segundo. Afinal de contas, absolutamente nenhum governo tomou ações reais para administrar a crise, e o reflexo disso se dá por meio do aprofundamento da situação. Por conseguinte, o retorno às escolas não pode ter outro resultado senão o extermínio generalizado da juventude, e não podemos ter dúvidas quanto à isso.

Em seguida, vem à tona uma situação particularmente escandalosa dentro do governo de Câmara. Sua vice, Luciana Santos, presidente do PCdoB que, inclusive, teve forte influência no movimento estudantil, ocupando a vice-presidência da União Nacional dos Estudantes (UNE), não se coloca em absolutamente nenhum momento contra a política que está sendo levada pelo PSB. É um nível de conivência que chega a ser ensurdecedor. O mesmo PCdoB que se diz expoente comunista da luta da classe operária, que possui posição de destaque dentro da UNE com Iago Montalvão, presidente da organização, coloca sua política completamente à reboque dos interesses da burguesia e do imperialismo. 

A posição do PCdoB é, antes de tudo, um enorme ataque ao movimento estudantil. É um tipo de negligência que coloca o partido numa posição grotesca, verdadeiramente suja e rasteira. Finalmente, colocam, de uma vez por todas, que seu aparato serve unicamente para a obtenção de votos. Afinal, é isso que esse tipo de política mostra: uma obsessão na obtenção de espaço dentro do parlamento e, nesse caso, demonstrando um posicionamento claramente bolsonarista, a disposição para fazer de tudo para garantir esse controle, até mesmo mandandando dezenas de milhares de jovens para o matadouro que é a reabertura em tempos de pandemia.

Além disso, é imprescindível ressaltar outro fato que influencia a política do PCdoB diretamente, de modo a colocá-la cada vez mais à direita de demais partidos de esquerda: a frente ampla. O PCdoB está na lista dos partidos que mais contribuem para a construção de uma frente ampla com a direita golpista. Ao redor de todo o Brasil, tem feito um série de coligações vergonhosas e nojentas com partidos como o PSL e o próprio PSDB, principal articulador do golpe de estado contra a Dilma. Ademais, participa ativamente da campanha para isolar o PT dentro do atual cenário política, que é, inclusive, o que tem acontecido em Recife, onde o PCdoB apoia o PSB na prefeitura contra o PT, mesmo PSB que obriga os professores a irem às aulas presenciais.

Outro fato que mostra claramente a decadência pela qual o PCdoB passa é o que a UJS, juventude do partido, tem feito frente à todo esse descaso: nada. Ou seja, a política do partido está tão destruída no que diz respeito ao seu alinhamento com o marxismo que a própria juventude, setor que, historicamente, toma a frente da luta da classe operária, se encontra em um estado completamente moribundo. Afinal, a UNE e a UBES são completamente dominadas pela UJS e, mesmo assim, não contribuem com absolutamente nada para o movimento estudantil. Prova cabal disso é a própria pandemia, na qual o EAD e a volta às aulas presenciais têm avançado cada vez mais e, mesmo assim, ninguém é mobilizado, por parte das duas organizações, para lutar contra o governo genocida de Bolsonaro.

Para o cidadão comum que não entende o problema da quarentena, o silêncio não é crime, mas não é bom. Para o PCdoB que é vice-governador, o silêncio não é apenas culposo, é cumplicidade. O fato das organizações estudantis ficarem silenciosas diante deste brutal ataque, mostra que preferem manter cargos e posições de poder dentro do Estado capitalista do que defender estudantes. Não é um caso de corrupção criminosa, mas é um caso de corrupção política, o silêncio do PCdoB mostra que não podem mais se manter à frente das organizações estudantis, pois o domínio dele sobre estas tornou-as paralisadas. É preciso vencer a burocracia estudantil e reconstruir a UNE e a UBES pela base.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas