“Só na hora da morte”
O homem que grava o vídeo de denúncia relata que a ambulância só foi enviada após a mulher cair em agonia pela falta de ar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
paint
Foto: reprodução |

Da redação – Circula mais um vídeo completamente absurdo sobre o massacre do coronavírus em meio ao golpe de Estado brasileiro. Em Itabuna (BA), uma mulher agoniza em estacionamento de supermercado e tem atendimento pelo Samu recusado pela própria médica.

Esta é a política de atender só “na hora da morte”, como denuncia o homem que esta gravando o vídeo.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas