Vice golpista: provável candidato da chapa de Ciro Gomes apoiou golpe contra Dilma e PEC do teto de gastos

ducci

Da redação – O presidente do PDT, Carlos Lupi, aplaudiu a possibilidade de o PSB indicar o nome do deputado Luciano Ducci como vice da chapa do candidato abutre à Presidência da República, Ciro Gomes. “Se for o que o PSB quer, é um ótimo nome”, afirmou Lupi.

Diante da possibilidade de Luciano Ducci ser vice de Ciro Gomes, é válido trazer à tona alguns fatos políticos. Em 2016, Ducci foi um dos 29 deputados federais do PSB (de 32) que participaram do show de horrores golpista contra a ex-presidenta Dilma Rousseff, votando, na ocasião, a favor do impeachment contra Dilma.

Em 2017, já com Michel Temer no poder destruindo o País, Ducci votou a favor da PEC do teto dos gastos públicos, conhecida também como “PEC do Fim do Mundo, ajuste fiscal de destruição da saúde e educação públicas.

No mês de fevereiro de 2018, o deputado Luciano Ducci votou a favor da intervenção federal no Rio de Janeiro decretada por Michel Temer, numa clara política golpista de repressão contra a classe trabalhadora.

Pareceria estranho considerar a possibilidade de um apoiador do golpe de Estado, como Luciano Ducci, ser vice de Ciro Gomes, que se vende a todo momento como alguém que se opõe aos golpistas. Mas obviamente essa estranheza se desfaz diante das claras movimentações e alianças de Ciro Gomes no sentido de consagrar-se como o candidato do golpe.