Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
People cross the Colombian-Venezuelan border over the Simon Bolivar international bridge, in San Antonio del Tachira, Venezuela December 20, 2016. REUTERS/Carlos Eduardo Ramirez
|

Da redação – A imprensa burguesa nacional e internacional está noticiando que centenas de venezuelanos que foram para o Peru estão dispostos a aceitar uma oferta de volta para Caracas. Os imigrantes esperam em uma fila diante da embaixada da Venezuela em Lima na quarta-feira (5) tentando conseguir os “cartões de repatriação” para embarcarem em um voo gratuito que solicitam ao presidente eleito, Nicolás Maduro.

Essa notícia é importante para entender como a campanha contra a Venezuela vem diretamente dos EUA, e, os países onde o imperialismo deu golpes ou controla o regime político, como o Peru, Argentina, Paraguai, Brasil, esses sim apresentam condições de crise econômica grave voltando a serem escravizados pelo FMI. E esse é apenas um fator, somado ao grande preconceito que os imigrantes sofrem na maioria desses países, como no próprio Peru, por mais absurdo que possa parecer países latino-americanos se odiando.
Esse é o resultado da política imperialista, do neoliberalismo, que na Argentina gera uma crise imensa chegando ao ponto da população atacar supermercados contra os altos juros na alimentação, e que, no Peru, leva parte da população a tratar mal imigrantes que chegaram aos 300 mil no país.

Nicolás Maduro denunciou que a imigração se deu por conta da própria crise interna gerada pela direita, que queimou pessoas vivas, atacou locais de votação com bazucas e armamentos de ponta, financiados pelo imperialismo.  

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas