Venezuela recupera-se de novo ataque elétrico

Guri_Dam_in_Venezuela
Caracas, 26 mar (Imprensa Latina) O ministro para a Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, declarou hoje que a Venezuela se recupera em tempo recorde do novo ataque ao sistema elétrico nacional.
Mediante imagens e videos em sua conta do Twitter, Rodríguez, mostrou os danos produzidos e confirmou que durante toda a noite os bombeiros combateram o fogo que se extinguiu definitivamente em horas primeiras da manhã e anunciou que uma parte de Caracas e outras regiões têm restabelecido o serviço.

O sinistro na central hidrelétrica do Guri (estado de Bolívar), produziu-se na tarde de ontem quando os atacantes geraram um incêndio no pátio de 765 kw, explicou, ‘com a intenção de danificar de modo definitivo a geração e transmissão do carga’.

Denunciou nessa rede social, que a direita venezuelana não tem limites em sua ambição e afã homicida, mas, realçou: ‘aqui há um povo, um presidente povo, uma dignidade multiplicada’

Por sua vez o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, expressou também em sua conta oficial do Twitter que ‘Os inimigos da Pátria não cessam em suas tentativas para desestabilizar o país.

Asseguro-lhes que na cada ação de ódio contra nossa Pátria, encontrarão a um povo a cada vez mais unido, consciente e mobilizado. Os derrotaremos!’

Na véspera, a vice-presidenta da nação sul americana Delcy Rodríguez revelou que o Governo dos Estados Unidos está por trás desse ataque ao Sistema Elétrico Nacional.

Acusou o senador estadunidense Marco Rubio, o assessor de Segurança de Estado, John Bolton, e o secretário de Estado da nação norte-americana, Mike Pompeo, como os autores intelectuais da sabotagem que pretendia uma vez mais afetar os serviços básicos da população.