Primeiro país do continente
A Venezuela recebeu cerca de 2 mil doses da Sputinik V para aplicar na 3 fase de testes clínicos, a última fase antes da vacinação em massa.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Desembarque em Caracas - Sputnik V
Desembarque hoje no aeroporto de Caracas. | Foto por: reprodução.

Desembarcou nesta sexta (02), no Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Caracas, o primeiro lote da vacina Sputnik V, a primeira vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Rússia, que está na fase 3 de testes clínicos.

A Rússia está realizando os testes da vacina em cerca de 40 mil pessoa pelo mundo e a Venezuela foi um dos países escolhidos, recebendo 2 mil doses da cacina.

A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, ainda afirmou “queremos também confirmar que não vamos apenas participar dos ensaios clínicos da fase III do Sputnik V, mas também, graças à cooperação estratégica entre a Venezuela e a Rússia, vamos participar do abastecimento seguro para nosso povo e também na produção da vacina na Venezuela

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas