Anti imperialista
Na esteira do golpe na Bolívia, Guaidó quer promover o golpe na Venezuela. No entanto, Maduro, que não é Evo Morales, convocou manifestações para reagir aos golpistas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Maduro convoca bolivianos a restituírem Evo
Marcelo Garcia: AFP. |

O deputado golpista, autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, convocou para este sábado (16) atos na Venezuela pela derrubada do presidente eleito Nicolás Maduro e por “eleições livres”.

Em resposta, o governo de Nicolás Maduro convocou manifestações contra os golpistas e em solidariedade ao presidente reeleito na Bolívia e derrubado por um golpe militar, Evo Morales.

Na esteira do golpe militar na Bolívia, a iniciativa do golpista Guaidó é uma expressão da ofensiva do imperialismo na América larina, que quer expurgar os governos nacionalistas dos regimes atuais.

Prova disso são as entidades que apoiam os golpistas, como a Conferência Episcopal da Venezuela, que se uniu a Guaidó e fez um chamado às autoridades policiais e militares “para que se coloquem ao lado da Constituição e do povo venezuelano”.

Muito semelhante ao que ocorreu na Bolívia, quando no último dia 1º de novembro, Camacho, o líder da extrema direita boliviana, em nome “de Deus e da família e da democracia” chamou às forças armadas da Bolívia a tomarem o poder e destituírem o presidente reeleito Evo Morales.

No entanto, diferente da resposta dada por Morales na Bolívia, que tentou acordo com a direita e a extrema direita e foi derrubado pelos militares, Maduro corretamente convocou mobilizações para rechaçar o golpe de Estado na Bolívia, solidarizar-se com Morales e combater os golpistas da Venezuela.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas