Venezuela: Kellogs passa ao controle dos trabalhadores, fábrica parada, fábrica expropriada

MADURO DICE QUE DESDE COLOMBIA TRATAN DE INFILTRAR PARAMILITARES A VENEZUELA

Na Venezuela, a burguesia vem promovendo uma série de sabotagens para enfraquecer o governo nacionalista de Nicolas Maduro.

Entretanto, há tempos, o governo venezuelano vem demonstrando que não se curvará à burguesia golpista e ao imperialismo.

Um pouco antes da eleição no país, a Kellogg’s decidiu fechar a fábrica (o chamado Lock out patronal), uma das ações de sabotagem que os golpistas vem fazendo.

Dessa maneira, Maduro tomou a decisão correta: expropriou a fábrica e entregou-a aos trabalhadores. Demonstrou mais uma vez que não aceitara as atitudes golpistas. Na Venezuela, fábrica fechada, é fábrica expropriada.