Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
vivienda
|
Caracas, 15 abr (Prensa Latina)* – A Grande Missão Moradia beneficia hoje mais de 12 milhões 450 mil pessoas, um pouco mais de um terço da população da Venezuela, informou o ministro de Habitação e Moradia, Ildemaro Villarroel.

Em um programa especial transmitido pela Venezolana de Televisão, o titular destacou a chegada à cifra de 2,6 milhões de moradias dignas entregues a famílias necessitadas desde que começou esse programa habitacional em 2011.

Mencionou que 438.110 estrangeiros arraigados na Venezuela também foram favorecidos com este projeto de proteção social, a maioria deles vindos da Colômbia.

Villarroel enfatizou que 37,4% das casas construídas como parte da iniciativa governamental se edificaram por esforço próprio dos beneficiados, que receberam os materiais e a assessoria técnica.

Assim mesmo, mais de 94.122 moradias foram construídas em colaboração com empresas do Brasil, Turquia, Irã, China, Bielorrússia e Portugal.

Aprovada como parte do chamado Plano da Pátria (programa de governo), a meta das autoridades é atingir a cifra de três milhões de lares construídos antes de finalizar 2019, e cinco milhões até 2025.

‘Só a Revolução Bolivariana é capaz de tornar possível o milagre de construir e entregar às famílias venezuelanas dois milhões 600 mil moradias. Com o Plano da Pátria 2019-2025, vamos rumo aos cinco milhões de moradias. Nada nos detém!’, escreveu o presidente Nicolás Maduro na rede social Twitter.

A Grande Missão Moradia surgiu para socorrer famílias afetadas pelas intensas chuvas registradas na Venezuela no final de 2010 e começo de 2011, e depois se estendeu ao resto da população que por razões econômicas e devido ao alto custo dos imóveis no mercado especulativo, não têm uma casa própria.

* Os artigos reproduzidos não expressam necessariamente a opinião desde diário e do Partido da Causa Operária
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas