Venezuela: governo ocupa fábrica da Goodyear após empresa encerrar atividades e demitir trabalhadores

Activan-artículo-149-de-la-Lottt-para-proteger-a-clase-obrera-despedida-de-Goodyear

Da redação – O governo da Venezuela assumiu ontem (11) o controle da fábrica de pneus norte-americana Goodyear, após esta encerrar as suas atividades na zona industrial de Valencia, estado de Carabobo.

A administração do presidente Nicolás Maduro anunciou que irá “restaurar a operação e a produtividade da fábrica” e vai investigar os crimes cometidos pelos capitalistas responsáveis pela Goodyear, que configuram “ato de sabotagem e boicote”.

Na segunda-feira, a empresa imperialista havia anunciado a suspensão das atividades de sua filial em Valencia, alegando que não conseguia mais alcançar grandes lucros com a exploração dos trabalhadores venezuelanos.

Assim, 1.160 trabalhadores da fábrica foram demitidos sem serem avisados, como eles denunciaram ao canal de televisão Globovisión.

O presidente da Central Bolivariana Socialista dos Trabalhadores (CBST), Wills Rangel, afirmou que o fechamento da empresa com as desculpas de condições econômicas ruins e às sanções dos EUA contra a Venezuela são “parte da estratégia das empresas transnacionais contra o Governo do presidente Nicolás Maduro e a Revolução (Bolivariana)”.

Para que os trabalhadores não perdessem o emprego, o governo tomou o controle da empresa. Assim, o trabalho continuará com base na Lei Orgânica do Trabalho, dos Trabalhadoras e dos Trabalhadores (LOTTT).

Juan Osorio, que faz parte do pessoal da fábrica, afirmou ao jornal Correo del Orinoco que os gerentes e diretores da empresa foram embora para a Colômbia, Peru e Estados Unidos.

Há cinco anos a burguesia venezuelana e o imperialismo vêm implementando uma verdadeira guerra econômica contra o governo nacionalista e popular de Nicolás Maduro a fim de derrubar o governo e o processo conhecido como Revolução Bolivariana por meio de um golpe de Estado. O boicote à produção e a distribuição é uma das principais armas dos capitalistas na tentativa de derrotar o governo e os trabalhadores. Nesse sentido, esse tipo de ação do governo, que vem ocorrendo com alguma frequência, deve ser apoiada e aprofundada.

Contra o boicote da burguesia, tomar o controle para os trabalhadores! Fábrica parada é fábrica expropriada!