Venezuela: Golpistas fazem novo atentado, agora na Faixa petrolífera do Orinoco

joj

Da redação – Foi registrado um novo ataque contra a Venezuela nas instalações da Faixa Petrolífera do Orinoco, a maior reserva de petróleo do mundo, segundo informe do ministro de Petróleo do país, Manuel Quevedo, através de sua conta no Twitter.

Esse atentado não teve vítimas humanas mas ocasionou uma perda material bem considerável. Os tanques incendiados teriam 80 mil litros de capacidade. O ministro venezuelano responsabilizou o senador norte-americano Marco Rubio e o deputado golpista Juan Guaidó, “presidente” eleito por Donald Trump.

Desde 7 de março a Venezuela tem sofrido uma série de ataques de hackers no sistema de controle da planta hidrelétrica El Guri. O governo venezuelano assegurou que esses ataques só podem ter sido realizados com tecnologia proveniente dos Estados Unidos com a intenção de gerar um apagão em todo o país. Todos esses atentados buscam desestabilizar o governo de Nicolás Maduro, a fim de derrubá-lo e colocar em seu lugar um governo fascista que destrua a organização dos trabalhadores para entregar o petróleo venezuelano ao imperialismo.