Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Maduro-con-lider-coreano-1320x900
|

Da redação – O presidente do parlamento da República Popular Democrática da Coreia (Coreia do Norte), Kim Yong Nam, visitou esta semana a Venezuela para estreitar os laços de amizade e cooperação internacionalista e anti-imperialista com o governo bolivariano de Nicolás Maduro.

Na terça-feira, Kim Yong Nam se reuniu com Maduro, em um histórico encontro. Foi a primeira viagem de tão alto nível de um integrante do governo norte-coreano à América Latina. Kim, que tem 90 anos, é presidente da Assembleia Popular Suprema, o parlamento do país. Ele é o segundo homem forte da Coreia, atrás apenas de Kim Jong Un, presidente do Comitê de Estado.

Coreia e Norte e Venezuela vêm estreitando as relações nos últimos anos. Este ano, o governo norte-coreano emitiu uma nota de solidariedade e apoio a Caracas devido às agressões que o país sul-americano vem sofrendo do imperialismo.

É vital para os países oprimidos se unirem para se defender dos ataques imperialistas. Venezuela e Coreia são dois dos países mais afetados pela pressão imperialista, e que seguem sustentando uma política de soberania nacional e governo sustentado pelos trabalhadores.

Após a visita à Venezuela, Kim Yong Nam viajará para Cuba. As relações entre a ilha e o país asiático são ainda mais fortes e tradicionais, sendo dois dos últimos estados operários que restaram após a queda da União Soviética.

Depois, ele irá ao México para a cerimônia de posse do presidente eleito Andrés Manuel López Obrador, no próximo domingo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas