Da redação – Segundo Ministro da Comunicação do Estado Venezuelano, Jorge Rodríguez, o governo do país acaba de desmantelar um plano dos golpistas para libertar o General Raul Isaías Baduel, preso desde 2009, e proclamá-lo presidente.

“O primeiro tenente Carlos Lozada Saavedra, aliás Tío, recrutaram-no para realizar as atividades de assalto ao arsenal do batalhão Bolívar, do batalhão Ayala, a toamada da Base Militar Francisco de Mirando, em Carlota, capturar Baduel do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacionallo e lavá-lo para as instalações da televisão venezuelana para procamá-lo presidente”, informou o ministro sobre a operação golpista.

Ainda, Rodríguez denunciou os ataques terroristas.

Send this to a friend