Venezuela denuncia repressão do governo francês contra manifestantes

7952088_dadcba56-efee-11e8-897e-f59cd133fad2-1

Caracas, AVN O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, manifestou neste domingo seu rotundo rechaço diante das detenções e maus-tratos sofridos pelos manifestantes franceses, que há mais de uma semana protestam em diversas cidades francesas contra a alta dos preços do combustível.

“A Venezuela manifesta sua preocupação pelos acontecimentos ocorridos em várias cidades da França, onde milhares de manifestantes protestando pela execução de medidas econômicas impopulares, foram fortemente reprimidos, deixando dezenas de feridos e detidos”, escreveu Arreaza, compartilhando uma imagem do comunicado divulgado pela República Bolivariana da Venezuela.

Confira a íntegra do comunicado:

O Governo da República Bolivariana da Venezuela manifesta sua preocupação pelos recentes acontecimentos ocorridos em várias cidades da República Francesa, onde milhares de manifestantes protestando pela execução de medidas econômicas impopulares, foram fortemente reprimidos pelas forças de segurança, deixando dezenas de feridos e detidos.

O Governo Bolivariano aspira que as instituições francesas atuem respeitando os direitos fundamentais de sua população, ao mesmo tempo que insta o diálogo com todos os setores de seu país para prevenir o aumento das tensões.