Veja onde já foram realizados os cursos do PCO sobre o fascismo

urss

O curso “Fascismo, o que é e como combatê-lo” tem tido grande repercussão em vários pontos do Brasil e no exterior. Com a ascensão da extrema direita, de características fascistas, no país e em todo o mundo, o curso torna-se ação fundamental para a compreensão e intervenção na situação mundial. Nesse sentido, a construção de um partido operário e revolucionário é a tarefa principal para superarmos o capitalismo e o imperialismo, que encontra-se na sua pior etapa e declínio mundial.

Dessa forma,  o curso tem abordado ideias gerais que contribuem para abordar o tema do fascismo, podendo ser esclarecido para além de formas tradicionais veiculados no senso comum de maneira muito confusa. O curso ainda pôde ser explorado na sua complexidade sendo realizado em dois dias, abordando ainda o que está acontecendo no Brasil e no mundo; como se organizar e entender como enfrentar posições políticas fascistoides.

Centenas de trabalhadores e público interessado, em diversas cidades estiveram reunidos nos mais diferentes estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão e Pará.

O curso também teve grande repercussão e alcançou diferentes cidades ao redor do mundo: Frankfurt e Ulm, na Alemanha; Copenhague, na Dinamarca; Viena, na Áustria; Londres, na Inglaterra; Barcelona, na Espanha; Paris e Metz, Avignon, Bourdeaux, Algiers e Besançon, na França; Dublin e Cork, na Irlanda; Gronigen, na Holanda; Genebra, na Suíça; São Salvador, em El Salvador; e Nova Iorque, nos Estados Unidos. Foram mais de 40 militantes do PCO empenhados em ministrar o curso de formação sobre o fascismo.

Vale ressaltar que o curso tem abordado a ascensão do fascismo na Europa e a posição política da esquerda. Ainda, está sendo aprofundado o tema dos fascismos italiano e alemão, sem deixar de falar dos fascismos português, espanhol e o brasileiro. Os militantes já falaram acerca da política de Frente Única contra o perigo fascista e evidenciaram, sob a ótica marxista, o papel das milícias operárias e populares armadas. Apesar da temática complexa, o curso foi pensado e explicitado de maneira clara e objetiva, buscando abordar a história e trazer reflexões diante do golpe de Estado e da chegada do bolsonarismo no controle do aparelho de Estado.

Os cursos continuam! Neste fim de semana os cursos acontecerão em Catanduva (SP), Chapecó (SC), Contagem (MG), Embu (SP), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Itapeva (SP), João Pessoa (PB), Joinville (SC), Juazeiro do Norte (CE), Jundiaí (SP), Nova Iguaçu (RJ), Palhoça (SC), Porto Seguro (BA), Rio das Ostras (RJ), Santa Bárbara (BA), São José dos Campos (SP), Unaí (MG), Vargem Grande (SP).

Informações pelo telefone (11) 9 6388-6198.