Siga o DCO nas redes sociais

Veja o que quem já foi à Universidade de Férias diz sobre o evento
Veja o que quem já foi à Universidade de Férias diz sobre o evento

Sendo uma das atividades mais tradicionais realizada pelo Partido da Causa Operária, a Universidade de Férias e o Acampamento da Juventude Revolucionária (AJR) já se encaminham para sua 41ª edição, sendo feita duas vezes ao ano, uma no período de inverno e a outra no verão. O curso é ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO. A 41ª Universidade de Férias conta com o seguinte tema: “A crise histórica do capitalismo: do surgimento do imperialismo ao neoliberalismo”.

E para isso, para que se tenha um panorama ainda melhor sobre o maior e melhor curso de formação política da esquerda brasileira, alguns companheiros que já fizeram parte do evento comentaram como funciona a atividade, demonstrando a importância da realização de um curso desse porte e suas demais experiências.

Vitor Lara, militante do PCO do Rio de Janeiro, destacou como a organização das atividades, que consiste no envolvimento de todos na sua realização de forma coletiva, e como a Universidade é uma forma de se reunir com os companheiros na interação das atividades propostas. Além da rica experiência que pôde adquirir durante o curso, “Aprendi muito sobre a Revolução Russa, o que me permitiu aprofundar os meus estudos já partindo de uma sólida formação introdutória”.  

Durante todo o período que se realiza a Universidade de Férias, a organização das atividades consiste de forma socialista, em  que todos contribuem com a efetivação das tarefas diárias, não só o curso ministrado faz parte da formação política do militante, mas toda a forma como se desenvolvem as relações durante o evento.

Veja o que quem já foi à Universidade de Férias diz sobre o evento 3

Depois de participar de dez edições da Universidade de Férias, João Vitor Dauzacker de São Paulo, afirma “ Sempre é bastante rico participar, tanto politicamente, quanto culturalmente, o que você aprende nos cursos de formação do PCO você não aprende em 4 ou 5 anos de faculdade. É justamente essa a importância da Universidade de Férias, para entender melhor o mundo que nós vivemos hoje, dos problemas, das crises, revoluções, etc e como atuar nos dias de hoje com o objetivo de muda-lo.”  

Veja o que quem já foi à Universidade de Férias diz sobre o evento 2

Um dos principais papeis a ser exercido por um partido revolucionário é a formação política de seus militantes, e o PCO vem cumprindo esse papel há mais de 20 anos com a realização regular da Universidade de Férias e com a própria forma como se organiza o programa do partido que preza por essa formação.

E acerca exatamente do papel político de um partido revolucionário, Victor Assis de Pernambuco comenta sobre a importância dessa atividade “Tudo isso é feito sempre de um ponto de vista militante, isto é, não a partir de discussões acadêmicas vazias, mas sim da experiência de um partido revolucionário que completou 20 anos de registro. Nesse sentido, a Universidade de Férias é única porque permite que os participantes façam discussões que não farão em lugar algum. Além disso, os locais escolhidos sempre são agradáveis, permitindo que centenas de militantes de todo o país se descontraiam, aprofundem laços e compartilhem suas experiências uns com os outros.”

Veja o que quem já foi à Universidade de Férias diz sobre o evento 1Um grande diferencial da Universidade de Férias está em sua organização, e esse foi um dos pontos destacados pela companheira Maya Silva, de São Paulo “É uma verdadeira experiência socialista conviver com companheiros militantes, trabalhar na organização, e sem falar no curso que sem dúvidas é o melhor que tem.”  

“A Universidade de Férias do PCO é uma atividade extremamente importante para quem deseja desenvolver seus conhecimentos políticos. A melhor maneira de aprimorar tais conhecimentos é estudando com quem faz e luta na prática, como o PCO. A isso se somam momentos muitíssimo agradáveis, de diversão e de cultura, a que se tem contato no acampamento organizado pela juventude do partido.” 

André Antunes, companheiro de Cuiabá, conta sua experiência com a Universidade de Férias e o grande diferencial presente na atividade: “Eu considero que é a melhor formação marxista da esquerda brasileira. Eu já havia participado de outras formações marxistas antes, mas nenhuma com a profundidade da Universidade de Férias. Além disso, você conhece militantes do Brasil inteiro, participa de atividades de lazer e tudo é feito de maneira coletiva e colaborativa, como uma verdadeira experiência socialista.”

Veja o que quem já foi à Universidade de Férias diz sobre o evento 4

Depois de todos os pontos citados, você não pode deixar de participar da maior e melhor atividade de formação política da esquerda brasileira. Venha estudar conosco “A Crise Histórica do Capitalismo: do surgimento do Imperialismo ao Neoliberalismo”, do ponto vista marxista e revolucionário. Entre em contanto e faça a sua inscrição imediatamente e garanta a sua vaga.

Por e-mail: pco.sorg2gmail.com

Site: https://universidade.pco.org.br/#subscribe

Telefone fixo: (11) 2276-2548

Inscreva-se: https://www.causaoperaria.org.br/41-universidade-de-ferias/