Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A imprensa burguesa não tem o costume de defender abertamente suas posições políticas, procurando dissimular suas posições reacionárias por trás. Mas essa semana, finalmente a Veja se revelou na capa. O novo Dops quer prender Lula a qualquer custo. A capa da edição comemorativa da revista essa semana indica o desejo explícito da condenação e prisão antecipada de Lula. Ao colocar lado a lado a foto de Lula preso político da ditadura militar e a de Lula condenado em 2018, a imprensa golpista admite que a perseguição a Lula hoje, assim como em 1980, é uma ação política. A Veja, que representa aqueles patos ensandecidos que comemoravam a ampliação da pena, deseja que o ex-presidente seja levado às masmorras de Curitiba.

A capa lembra que não é a primeira condenação do maior líder político da América Latina, por conta das greves do ABC, foi sentenciado a três anos e meio de detenção por “incitação à desordem coletiva”, em 1980. O sentido da condenação atual é a mesma: extirpar um símbolo da desordem nacional para que prevaleça a ordem e a justiça no país.

Notem que a preocupação do semanário com a corrupção caiu a zero. Ele só continua pensando nas eleições 2018. Corrupção sempre foi apenas uma cortina de fumaça para justificar a violência estatal contra Lula.

Eles querem eliminar qualquer possibilidade do Brasil pertencer ao povo brasileiro. Ao condenar Lula eles estão condenando o povo a viver uma escravidão pontuada nos padrões da Nova Ordem Mundial, na qual Brasil torna-se uma empresa pertencente à iniciativa privada, ou seja, tudo que antes era nação passa a ser patrimônio privado dos banqueiros internacionais.

É necessário que se entenda que a condenação farsa de Lula é efeito do golpe de Estado que o país sofreu em 2016. A luta contra a ditadura do judiciário e toda essa direita fascista será mais efetiva a partir dos comitês de luta contra o golpe. Melhor que realizar mobilizações específicas para cada tipo de medida dos golpistas, o mais eficiente e correto politicamente é lutar contra o golpe em conjunto.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas