Siga o DCO nas redes sociais

Formação política
Veja como foi a Escola Marxista em Taquaritinga (SP)
No último sábado (23), no campi da FATEC em Taquaritinga, foi ministrado o curso de formação teórica sobre o Programa de Transição de Leon Trótski
trotskyyyyyyy
Formação política
Veja como foi a Escola Marxista em Taquaritinga (SP)
No último sábado (23), no campi da FATEC em Taquaritinga, foi ministrado o curso de formação teórica sobre o Programa de Transição de Leon Trótski
Leon Trótski
trotskyyyyyyy
Leon Trótski

No último sábado (23), no campi da FATEC em Taquaritinga, foi ministrado o curso de formação teórica marxista sobre o Programa de Transição de Leon Trótski. Esta foi a primeira atividade da Escola Marxista em Taquaritinga.

Compareceram estudantes e professores das cidades de Taquaritinga, Matão e do distrito de São Lourenço do Turvo para discutir e aprender sobre o Programa de Transição, isto é, um programa fruto da experiência política das lutas da classe operária mundial contra o capitalismo. O Programa de Transição é o documento-base de fundação da IV Internacional, um partido mundial da classe trabalhadora, fundado por Trótski em 1938.

A companheira e palestrante Lilian Miranda (PCO) discutiu a questão das condições objetivas e subjetivas para uma revolução, o problema da direção política revolucionária da classe operária, a necessidade de um partido operário revolucionário para a derrocada da burguesia e a questão do armamento geral do povo e das organizações de massas para resistir à ofensiva do fascismo e da extrema-direita. A questão do poder político esteve no centro das discussões.

Sintonizado com a realidade atual, os presentes trouxeram uma série de questões políticas para serem discutidas, como as mobilizações nos países da América Latina (Chile, Equador, Colômbia, Bolívia, Argentina, Uruguai) e a ausência de um partido revolucionário para a tomada do poder pelas massas, a luta pela libertação do  ex-presidente Lula e o caráter da política do Partido dos Trabalhadores, o nacionalismo nos países atrasados, a luta pela reforma agrária no Brasil, a financeirização da economia global, o governo Jair Bolsonaro e a ascensão do fascismo no Brasil, a criação de um partido abertamente fascista, o Aliança pelo Brasil, as forças de repressão estatal, como as Polícias Militares e as Forças Armadas como pontas de lança das milícias fascistas no país.

A questão da luta contra o governo de Vanderley Marsico (PSD), prefeito bolsonarista e oligarca, proprietário dos meios de comunicação e transporte da cidade, foi discutida pelos presentes.

Em breve haverá outros mais cursos da Escola Marxista na cidade de Taquaritinga.