Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Quando o governo do Estado de São Paulo levou a Sabesp (empresa de águas e esgoto de São Paulo) para o bairro de Vargem Grande, extremo sul da Capital paulista, fez com que a população do bairro, com grandes mananciais de água, viesse a ter que pagar por água encanada e rede de esgoto.

A promessa era de que iriam também pavimentar o bairro, mas não foi o que fizeram, os governos tucanos.

Deram mais um golpe em Vargem Grande, no valor de R$ 62, 8 milhões que foram liberados para a realização

de obras de pavimentação nas ruas bairro. Não foram concluídas sequer um terço das obras nas ruas; a rede de esgoto também foi feita de forma inadequada, necessitando de manutenção em vários pontos de PV, incluindo a necessidade de substituição de manilhas de barro que foram colocadas em várias ruas substituindo-as por tubulação de PVC de no mínimo 600 milímetros para que comporte o volume de rede de esgoto de um bairro com milhares de famílias.

Não é necessário chover para que o esgoto transborde para as ruas, saindo pelos PVs e pelas caixas de inspeção nas residências da população que sofre com tudo isso desde que as obras foram feitas de forma inadequada e cheia de falhas.

Os responsáveis, na época, os golpistas, Geraldo Alckmin e Gilberto Kassab, a Sabesp e a entidade denominada Achave que também tinha a responsabilidade de fiscalizar as obras que estavam sendo realizadas na naquela época, nada fizeram e, ainda hoje, as casa na parte baixa do bairro sofrem com as inundações em suas casas.

Contra esta situação caótica é preciso mobilizar toda a comunidade, não se iludir com as promessas dos políticos patronais que- havendo eleições – irão com certeza visitar – mais uma vez – visitar a comunidade com novas promessas.

O caminho está na mobilização de comunidade local de todos os trabalhadores do bairro e região em torno desta e outra reivindicações da população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas