Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Vargem Grande, bairro na periferia da Zona Sul de São Paulo, sofre até os dias atuais com a falta de comunicação, sem sinal de celular e internet, em inúmeras ruas do bairro.

Caso necessitem de uso do celular para uma emergência, milhares de moradores ficam impossibilitados de se se comunicar ou têm que sair andando pelo bairro procurando um local onde funcione o meio de comunicação.

Trata-se de uma verdadeira tortura, de uma covardia contra a população, realizada por governos policialescos e repressores que não dão a mínima para atender às necessidades do povo trabalhador.

Certo dia, um morador precisou emergencialmente para um socorro médico a um motociclista atropelado na Av. das Palmeiras (principal do bairro) e a vítima permaneceu aguardando na calçada por mais de quatro horas, sem atendimento do SAMU. Quem acabou prestando socorro foi o corpo de Bombeiros e com tamanha má vontade, alegando que o SAMU anda muito disperso do trabalho.

A situação é resultado também da privatização da telefonia. No caso de Vargem Grande, e outros bairros da periferia, as operadoras de telefonia móvel ou fixa não dão a mínima atenção, diante do baixo poder aquisitivo dos moradores.

É preciso mobilizar a juventude e toda a comunidade para exigir a garantia do direito ao acesso à comunicação, pelo sinal de telefone em todo o bairro.

Para o mês de fevereiro, a associação de moradores local, Unifag e o comitê de luta contra o golpe estão programando reuniões para organizar a luta de toda a comunidade por esta e por outras reivindicações fundamentais, pois só a mobilização pode garantir o sinal de telefone para todo bairro, bem como o acesso gratuito à internet.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas