VAR, o melhor jogador da França

World Cup - Group C - France vs Australia

A Copa do Mundo da Rússia de 2018 terminou nesse final de semana apresentando a seleção francesa como a campeã do torneio.

No jogo da final, a seleção francesa ganhou de 4 a 2 contra a seleção croata.

A imprensa capitalista mundial, seguida pela imprensa golpista do Brasil,  apresentou o time francês como a modernidade no futebol mundial, e seus jogadores como espetaculares, habilidosos e fenomenais. Para os donos da opinião, venceu o melhor futebol, inclusive com um “projeto” de Pelé, o velocista Mbappe.

A FIFA elegeu o jogador francês Griezmann como o craque do jogo, exaltado pela imprensa capitalista pelos quatro gols que fez na Copa, um gol, inclusive na final do campeonato.

No entanto, os admirados do futebol francês escondem em suas análises futebolísticas que o maior goleador da França não foi Griezmann, nem mesmo Imbapé, mas a nova arma do futebol europeu, o VAR (árbitro auxiliar de vídeo).

Dos quatro gols que Griezmann fez, três foram feitos através de cobrança de pênalti marcado pelo artilheiro da Copa, o VAR.

O VAR não só fez gol para o ataque francês, como também serviu para impedir que a defesa francesa tomasse algum gol de seus adversários, deixando de marcar faltas, escanteios, pênaltis etc. contra a seleção francesa.

O VAR que foi introduzido nessa Copa foi criticado por vários times na primeira fase do Mundial, que foram prejudicados por esse artifício de controle do jogo, levou o chefe da UEFA deixar o VAR na geladeira nas oitavas e quartas de final, voltando atuar somente no jogo final, de forma clara e ofensiva em favor do time francês.

Analisando o desempenho do VAR, que mostrou vestir a camisa azul do time de Macron, não resta dúvida, sem esse 12° jogador a França nem mesmo conseguiria vencer o time fraco da Austrália.

É por esse motivo que temos todos os dados da Copa para cravar que o melhor jogador da França é o VAR, eficiente no ataque e uma muralha na defesa. Como a França foi campeã, o melhor jogador da França tem que ser considerado o melhor jogador do Mundo.

Sem prêmio de consolação para a Croácia, que Modric entregue a “Bola de Ouro” para quem de direito, o camisa 12 da França, o boleiro VAR.