Extorsão
Os capitalistas da saúde querem forçar a população a compensar a proibição de reajuste. Em janeiro, o reajuste de 2020 foi incorporado nas mensalidades.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cuidado-com-o-idoso2
A saúde é uma valiosa mercadoria para os conglomerados da saúde privada. | Reprodução.
cuidado-com-o-idoso2
A saúde é uma valiosa mercadoria para os conglomerados da saúde privada. | Reprodução.

A partir do mês de janeiro, a mensalidade dos planos de saúde ficará ainda mais cara. Além do reajuste do valor da mensalidade, serão cobrados os valores dos reajustes suspensos por conta da pandemia no ano passado.

Os boletos que estão chegando nas casas trazem a primeira das doze parcelas dos valores que não foram pagos no ano passado, que serão incorporadas nas mensalidades até dezembro de 2021.  Isto é, os capitalistas da saúde vão forçar a população a compensar a proibição do reajuste de 2020.

Os capitalistas da saúde demonstram,mais uma vez, que sua única preocupação são os lucros e suas fortunas. É preciso estatizar todo o sistema de saúde para impedir que a saúde seja tratada como uma mercadoria.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas