Altman elogia golpista
Uma politica para embelezar a frente ampla e os golpistas que a integram
aecio-e-reinaldo-azevedo
Aécio Neves e seu parceiro no golpe, o "valente" Reinaldo Azevedo | Foto: Reprodução
aecio-e-reinaldo-azevedo
Aécio Neves e seu parceiro no golpe, o "valente" Reinaldo Azevedo | Foto: Reprodução

O jornalista petista Breno Altman que, recentemente, se juntou ao bloco de integrantes da direita do partido que vem defendendo o apoio ao candidato frente amplista do PSOL, Guilherme Boulos, à prefeitura de São Paulo, resolveu expressar sua simpatia por outro integrante da frente ampla, desta feita da sua ala mais direitista: o jornalista Reinaldo Azevedo, um dos principais pregadores do golpe de Estado contra o governo da presidenta Dilma Roussef.

Segundo o próprio Breno Altman, em postarem no Twitter,

“Liberais e conservadores, segmentos da velha direita, estão domesticados pelo bolsonarismo, apesar dos conflitos. Mas há liberais valentes e democratas. Um desses é @reinaldoazevedo, apesar dos verões passados. Prefiro suas colunas às de Haddad, por exemplo”.

Primeiro, é preciso destacar a invenção de que Bolsonaro teria “domesticado” os liberais, ou seja, os defensores da política criminosa de ataque à população para defender os interesses mesquinhos dos grandes monopólios que Bolsonaro no governo representa. Aqui se vê repetida a tese de que Bolsonaro seria o “mal personificado”, a própria “encarnação do diabo”, mais que toda a direita que o levou ao governo, por meio do golpe de Estado e que apoia entusiasticamente sua política contra os trabalhadores, seria, no mínimo, setores com os quais estaria “em disputa” . Ou será que foi Bolsonaro sozinho que derrubou Dilma, que prendeu Lula, aprovou as “reformas” da Previdência e trabalhista e está levando adiante o genocídio de mais de 130 mil brasileiros.

Segundo Breno, para defender o agora, “aliado” – de Boulos, PSOL, PCdoB e de setores da direita do PT (como Haddad que ele critica, ao comparar com o “valente” Azevedo) – da frente ampla, junto de FHC, Globo, Marina Silva, Ciro Gomes etc. resolve deixar de lado “os verões passados” e exaltar um dos principais porta vozes da direita e algozes do PT, cuja trajetória de ataques ao partido foi  marcada pela campanha feita a partir de órgãos ultra reacionários como a Revista Veja e a Rádio Jovem Pan, defendeu em 2015 que

“Chamar o impeachment de golpe é trapaça criminosa do PT para cometer mais crimes”

E que segue atacando o PT, o ex-presidente Lula e  a presidenta do partido de Altman, deputada Gleisi Hoffmann,  por não assinarem o Manifesto da frente ampla, “Estamos Juntos”:

É um erro típico do “PTcentrismo” acreditar que a Lava Jato foi uma operação contra o PT. Tratou-se, e afirmo isso desde os primeiros dias, de uma ação contra a política. Enquanto o PT não entender a dimensão profunda que isso teve e tem na sociedade, não vai entender nada.

Resumindo, está evidente que Breno Altman defende Reinaldo Azevedo para defender a frente ampla, ou seja, defender os bolsonaristas “arrependidos” que por estarem na frente ampla junto com setores da esquerda deveriam ter sua fichas limpas e serem tratados como “valentes”, “democratas”, “progressistas” e não como golpistas, inimigos do povo e fascistas que são.

Será que vem por aí elogios semelhantes à Rede Globo, FHC e outros pais do golpe, Altman?

Relacionadas
Send this to a friend