tin urbinatti

O programa Uzwela – Conversa Sobre Cultura, que vai ao ar nesta quinta-feira (22), tem o prazer de receber em seus estúdios o ator, diretor e dramaturgo Tin Urbinatti. Ele é, sem dúvidas, um “homem de teatro” e nos conta sobre sua trajetória no grupo de teatro da Ciências Sociais da USP, nos anos 70, e no Grupo de Teatro Forja, formado por metalúrgicos-artistas ligados ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema.

Na década de 70, no grupo de teatro das Ciências Sociais, Tin apresentou peças censuradas como Papa Highirte, de Oduvaldo Vianna Filho e A prova de fogo de Consuelo de Castro. De 1979 até 1994, Tin fundou um dos mais importantes grupos de teatro operário do País: o Grupo de Teatro Forja.

Esta experiência teatral com a classe trabalhadora do ABC teve como resultado várias peças que tinham por objetivo discutir a conjuntura política e econômica pela qual o Brasil passava. Entre elas estão Pensão Liberdade, A greve de 80, o julgamento Popular da Lei de Segurança Nacional, o Robô que virou Peão, entre outras. A história do Grupo de Teatro Forja foi escrita por Tin Urbinatti no livro Peões em Cena: Grupo de Teatro Forja, em 2011.