São Paulo
Mandado foi expedido pelo juiz carioca Marcelo Bretas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
ne2
Alexandre Baldy e João Doria | Foto: Divulgação/Secom SP

Na manhã desta quinta-feira (6), Alexandre Baldy (PP), secretário de Transportes de João Doria (PSDB), governador de São Paulo, foi preso pela Polícia Federal em um desdobramento da Operação Lava Jato. O mandado foi autorizado pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, conhecido como “o Sérgio Moro carioca”.

Embora seja secretário em São Paulo, Baldy não está sendo preso por causa de sua função no governo Doria. Segundo o Ministério Público Federal, Baldy é um dos investigados por um “esquema que apura pagamento de vantagens indevidas a organização criminosa que negociava e intermediava contratos em diversas áreas” no estado do Rio de Janeiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas