Um atrás do outro
O presidente Nicolás Maduro também denunciou e declarou que o país está em “máximo alerta”.  
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Venezuela's President Nicolas Maduro attends a rally in support of his government and to commemorate the 61st anniversary of the end of the dictatorship of Marcos Perez Jimenez next to his wife Cilia Flores in Caracas, Venezuela January 23, 2019. Miraflores Palace/Handout via REUTERS ATTENTION EDITORS - THIS PICTURE WAS PROVIDED BY A THIRD PARTY
Nicolás Maduro |

Da redação – Governo da Venezuela está denunciando mais uma tentativa de golpe de Estado no país. Segundo autoridades do governo, a oposição estaria preparando algo para este sábado (16).

Através do Twitter, o vice-ministro de Comunicação Internacional da Venezuela, William Castillo, declarou que o mandante norte-americano James Story indicou “possíveis atos violentos amanhã (sábado) para atacar o Governo venezuelano”.


Com o apoio dos EUA, o golpista Juan Guaidó convocou um dia de protesto contra o governo Maduro, ao que as autoridades bolivarianas temem que ocorra o mesmo que aconteceu na Bolívia, onde teve um golpe de Estado no domingo (10).

O ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, condenou o chamado em defesa do protesto feito pelo Comando Sul dos EUA.


O chanceler Jorge Arreaza repudiou a tentativa de desestabilizar o governo venezuelano, através de um golpe de Estado. E o presidente Nicolás Maduro também denunciou e declarou que o país está em “máximo alerta”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas