Perseguição Política
A Lava-Jato do Paraná tornou o ex-presidente Lula reu pela 4ª vez nesta sexta-feira (23). Trata-se de mais um episódio da implacável perseguição a Lula.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
35658466636_a85f495e35_k
A perseguição política ao ex-presidente Lula pela Lava-Jato continua a todo vapor. | PAULO PINTO.

Nesta sexta-feira (23), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e o ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, se tornaram réus pelo crime de lavagem de dinheiro em um processo da Operação Lava-Jato.

O Ministério Público Federal apontou que a Odebrecht fez supostas doações ao Instituto Lula que visavam disfarçar propinas, no valor de R$ 4 milhões entre os anos de 2013 e 2014.

A defesa do ex-presidente afirmou que a decisão é um ato de perseguição política e que a ação penal é descabida.  Este é o 4º processo da Operação Lava-Jato em Curitiba que Lula se torna réu.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas