Mobilizar contra a ditadura
Prédio fica em Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro, e abriga dezenas de LGBT em situação de vulnerabilidade
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
casa nem
Casa Nem | Foto: Reprodução

Na manhã de hoje, o Judiciário golpista autorizou a reintegração de posse da Casa Nem, em Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. O local é conhecido por abrigar LGBTs em situação de vulnerabilidade.

Essa não é a primeira vez que a direita tenta desocupar a casa. No dia 27 de julho, a Polícia Militar tentou despejar os ocupantes, mas a ação não aconteceu porque outros órgãos, como o Conselho Tutelar, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros não estavam presentes.

Desde a noite de ontem (23), militantes da esquerda e do movimento popular, incluindo militantes do Partido da Causa Operária, estão no prédio para enfrentar mais essa arbitrariedade do Judiciário, de Witzel e da Polícia Militar. É preciso que os trabalhadores, a esquerda e todos os setores democráticos ocupem a Casa Nem para impedir o despejo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas