URGENTE: imperialismo manda direita equatoriana prender o ex-presidente Rafael Correa

rafael correa

Da redação – A perseguição do imperialismo contra a esquerda na América Latina segue a todo vapor, e, agora surge a notícia na imprensa internacional de que a Corte Nacional de Justiça do Equador aceitou hoje o pedido da Procuradoria Geral do país para solicitar à Interpol (política norte-americana para perseguições internacionais) a prisão e extradição do ex-presidente Rafael Correa.

A prisão foi decretada após o mesmo não cumprir uma medida cautelar para comparecer ao tribunal em Quito nesta segunda-feira, pois o mesmo tem consciência do processo golpista que ocorre em toda a América Latina para perseguir todas as organizações operárias, camponesas, bem como governos progressistas e de esquerda.

Porém, o ex-presidente se apresentou à representação diplomática equatoriana em Bruxelas, pois vive na Bélgica desde maio.

Correa, que sofreu perseguição da direita em seu país, foi indiciado há duas semanas na investigação do suposto sequestro do ex-deputado Fernando Balda na Colômbia em 2010, onde, a juíza Daniella Camacho oficializou o pedido da Procuradoria e determinou que Correa se apresente “a cada 15 dias” em Quito para prestar esclarecimentos sobre o caso.