Urgente! Fascistas invadem gabinetes de 8 deputados do PT

cms-image-000615914

Da redação – A extrema-direita acaba de cometer um ato de extrema violência contra todo o movimento operário, a esquerda e as organizações populares.

Até agora, foram descobertos 8 gabinetes de deputados petistas que foram invadidos durante os preparativos e a posse de Bolsonaro. Os deputados denunciam que voltaram ao trabalho e encontraram seus gabinetes todos revirados.

O número pode ser ainda maior já que nem todos deputados retornaram ao trabalho. O deputado do PT de Minas Gerais, Odair Cunha denuncia que arrumaram um pretexto de “segurança” para invadir os gabinetes – ações típicas de ditaduras fascistas.

“Sob o pretexto de você não ter ‘snipers’ nas janelas, o que deveria ser impedido pela Polícia Legislativa, você admite que se invada gabinetes de parlamentares. Com isso, você pode inventar qualquer coisa! E a prerrogativa dos deputados? Quem garante que não colocaram ou tiraram coisas do meu gabinete?”

Odair Cunha chegou em seu gabinete e encontrou “gavetas abertas e as persianas das janelas lacradas com parafusos”. As invasões teriam sido permitidas pela polícia legislativas e feitas por seguranças de Bolsonaro. Mas ainda não se sabe.

As fontes são oriundas do jornal Brasil 247.

Trata-se de um profundo ataque aos direitos democráticos, pelo simples fato de terem invadido o local de trabalho de deputados federais. Mas não só isso, o ocorrido indica um ataque e um aprofundamento contra todo o movimento operário.

O PT é o maior partido de esquerda da América Latina e um ataque contra ele é um ataque contra toda a esquerda, as organizações dos trabalhadores, os sindicatos e os partidos.

É preciso mobilizar desde já as massas para conter o avanço do fascismo. Apenas nas ruas será possível deter o avanço da extrema-direita.