Facebook está derrubando perfis dos militantes de esquerda, às vésperas das eleições

face

Este jornal já havia denunciado que o Facebook é um instrumento importante para a propaganda política, já que milhões de pessoas utilizam as redes sociais, inclusive para acompanhar as notícias do momento. A ofensiva da direita para censurar o meio é enorme. Iniciou com o fechamento das páginas da extrema-direita, como MBL, Olavo de Caravalho e assim por diante.

Na época, foi dito que não era algo a se comemorar, já que isso iria estourar em cima da própria esquerda. Agora, às vésperas das eleições, quando os militantes estão todos agitando nas redes sociais, o que pode haver uma grande influência política, mais de 40 militantes do PCO e do PT, com contas ativas nas redes sociais, com centenas de curtidas, alcance na casa dos milhares, e dezenas de milhares de seguidores, estão sendo fechadas.

A desculpa que o Facebook está usando é totalmente esfarrapada. Diversos militantes tiveram suas contas fechadas apenas por compartilharem matérias denunciando a fraude nas eleições. Foi proibido o uso do #Eleifraude2018, denunciando as eleições fraudadas deste ano. Influenciadores digitais como o coordenador do acampamento Marisa Letícia tiveram suas contas fechadas. É importante denunciar: isso faz parte da fraude eleitoral!