Bolívia
Câmara de deputados da Bolívia, controlada pelo partido de Evo Morales (MAS, Movimento al Socialismo), recusou o pedido de renúncia do presidente
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
El Alto, 10 nov (ABI) .- O presidente Evo Morales pediu neste domingo novas eleições gerais na Bolívia e anunciou a renovação do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), na sequência do relatório da Organização dos Estados Americanos (OEA) realizou uma auditoria integral do processo eleitoral de 20 de outubro passado. Foto ABI
Presidente deposto da Bolívia, Evo Morales. Foto: ABI |

Da redação – Câmara de deputados da Bolívia, controlada pelo partido de Evo Morales (MAS, Movimento al Socialismo), recusou o pedido de renúncia do presidente, contrapondo-se aos interesses da direita golpista e dos militares.

Eles ainda disseram desconhecer a autoridade de Jeanine Áñez, autoproclamada presidente, como líder do Estado Plurinacional da Bolívia.

Mais detalhes a seguir…

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas