Governo havia voltado atrás
Após voltar atrás em MP que suspendia contratos de trabalho, Bolsonaro agora suspenderá os contratos por 2 meses, matando o povo brasileiro de fome
O presidente Jair Bolsonaro faz pronunciamento oficial sobre a declaração de pandemia do coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Bolsonaro |

O fascista Jair Bolsonaro, que havia voltado atrás em um ponto da MP que suspendia o contrato de trabalho dos trabalhadores por 4 meses, agora irá suspender os mesmos contratos por 2 meses.

A medida permitirá que as pequenas e médias empresas suspendam seus contratos de trabalho mesmo em funcionamento, enquanto as empresas maiores que tiverem suas portas fechadas por conta de alguma ordem dos governos ou prefeituras locais, também poderão suspender.

Aqueles trabalhadores que ficarem empregados ainda poderão ter seus salários cortados até a metade, recebendo uma ajuda do governo mas que não totalizaria o 100% de seus salários.

Segundo o jornal O Globo, a MP está com o texto pronto, mas sendo analisado e deve ser lançada até sexta-feira.

Trata-se de mais um ataque aos trabalhadores. O governo fascista de Jair Bolsonaro pretende fazer a população morrer por conta da epidemia do coronavírus e de fome para que os capitalistas não percam dinheiro. É urgente que se peça o Fora Bolsonaro para impedir um genocídio no país.

Relacionadas