Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
kinikinau helicoptero (1)
|

A polícia militar fascista tentou realizar um despejo de cerca de 500 indígenas Kinikinau de maneira totalmente arbitrária e violenta, na cidade de Aquidauana, no Estado do Mato Grosso do Sul.

Os indígenas ocuparam o latifúndio da Fazenda Água Branca, no dia de ontem (01/08), que faz parte de suas terras que foram tomadas pelos latifundiários. A ação fascista da PM contou com dois ônibus e um helicóptero, numa ação gigantesca.

Segundo as informações dos indígenas a ação foi comandada pelo prefeito de Aquidauana Odilon Ribeiro, latifundiário e grileiro de terras da região e primo da ministra da agricultura, também conhecida como musa do veneno, Tereza Cristina.

A ofensiva da direita fascista no campo é tão grande que a polícia militar a serviço dos latifundiários agiram como pistoleiros e nem sequer esperaram a decisão judicial para o despejo da comunidade indígena.

É preciso enfrentar essa situação e a direita no campo com uma onde de ocupações e retomadas de terra, com a criação de comitês de autodefesa e armamento dos indígenas e sem-terra para se defender da violência realizada pelos pistoleiros, latifundiários e policiais.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas