Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Recursos destinados a OS “Organização Paulista Para o Desenvolvimento da Medicina” (SPDM), mas que nunca foram utilizados nas UPAs que gerencia em Jabaquara e Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo, serão auditados pela Tribunal de Contas do município.

Apesar de, há dois anos, não haver nenhuma obra em andamento na UPA da Vila Mariana, por exemplo, a OS continua a receber verbas dE João Doria. Um termo aditivo prevê que a prefeitura repasse mais de 74 milhões de reais à OS, referentes aos quatro meses finais do ano passado, numa espécie de prêmio nefasto de João Doria à ineficácia e descaso da SPDM à saúde pública.

Além disso, a vereadora Juliana Cardoso (PT), autora do pedido de auditoria, afirma que é muito difícil obter informações detalhadas sobre os contratos firmados entre a prefeitura e a OS. Transparência nunca é característica de ações que envolvam governos burgueses e seus parceiros de espólio do bem público.

Mesmo considerando que o Ministério Público de São Paulo também já esteja de olho nos contratos, a população não pode se iludir e esperar que, dessas ações, ocorra efetiva vigilância de casos assim. Em vez disso, todos os trabalhadores devem aproveitar o clima altamente politizado do Carnaval deste ano e mobilizar uma intensa campanha contra os governos golpistas.

A onda de protestos e de crítica social, expressadas nas marchinhas de carnaval, nos blocos de rua e na Sapucaí (onde uma escola apresentou uma ala inteira fantasiada de paneleiros e patos da Fiesp), devem se estender e tomar as ruas não somente nos dias da maior festa popular do país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas