Universidade Federal do Ceará se mobiliza contra a prisão de Lula

universidade-federal-do-ceara-se-mobiliza-contra-a-prisao-de-lula

Os estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) estão mobilizados na Avenida da Universidade desde a manhã de hoje, sexta feira, dia 6.

O Dirétório Central dos Estudantes (DCE) afirmou que se mobilizaria contra a prisão de Lula desde hoje e bloqueou a avenida central de acesso à universidade.

Os estudantes das universidades públicas do Brasil inteiro estão se manifestando contra a prisão do ex-presidente Lula. Se mobilizam, assim, contra o golpe de Estado que já tomou caráter facista no judiciário, nas polícias e através de direitistas armados.

O papel de todos os estudantes, especialmente os de universidades públicas é fundamental na derrota do golpe. Não há lugar para o livre pensamento quando uma ditadura se instaura.

Abaixo o golpe! Contra a prisão de Lula! Apoio aos estudantes da UFC!

 

Abaixo, a carta do DCE ontem:

O DCE DA UFC QUER LULA LIVRE!

As entidades estudantis têm o dever histórico de se posicionarem diante da conjuntura política do país e o compromisso de estarem posicionadas ao lado do povo brasileiro.

Nesse sentido, o Diretório Central das e dos Estudantes da UFC apresenta seu repúdio ao espetáculo jurídico e midiático, orquestrado por uma mídia golpista, um Supremo que desrespeita a Constituição brasileira e um Direito, que só serve a alguns.

O golpe no Brasil tem sido um projeto de anos, que passa agora por uma fase fundamental da sua consolidação: a prisão do ex-presidente Lula, sem provas e deslegitimando um de nossos direitos fundamentais, a presunção da inocência.

É essencial compreender que esta prisão, mais do que sobre Lula, se dá como um ataque aos resquícios de democracia do país. Abre possibilidades para que mais situações como essa se repitam contra as cidadãs e os cidadãos brasileiros.

Além disso, a candidatura de Lula atua como uma resposta e instrumento fundamental para que o povo possa responder, nas ruas e nas urnas, à sua indignação com o golpismo.

Por fim, precisamos seguir com força e atenção. Nos mobilizar em nossos locais de atuação com urgência, em torno da defesa da democracia, dos nossos direitos e contra a prisão ilegítima de Lula!

Convocamos, então, todas e todos para um dia de mobilização, que começará sexta (06/04), a partir das 8h, com concentração no Bosque da Letras, no CH1, além do ato às 15h na Praça da Gentilândia, e a partir daí, seguiremos, de amanhã em diante, na luta e resistência em defesa da democracia!

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto