Volta as aulas só com vacina
Diante da luta de classes, onde o povo é obrigado a se aglomerar para trabalhar em nome do capital, é preciso que os trabalhadores se unam para derrotar essa política
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
undime_2807
Sala de aula | Reprodução: UNIDIME-SP

Com o início da pandemia, as aulas foram suspensas em meados de março, como uma medida de segurança e prevenção para o COVID-19. A suspensão das aulas mundialmente teve um impacto no PIB mundial, na ordem de 1,5%, para os capitalistas algum inadmissível.

Com esse impacto tão brutal na economia, os tubarões do ensino pago e outros setores da sociedade, como o transporte escolar, estão pressionando à volta as aulas. Porém, não há nenhum recuo importante na pandemia para a volta as aulas.

O número de mortes no país continua quase mil pessoas por dia, o número de infectados está na casa dos quase 5 milhões de brasileiros, porém os capitalistas querem salvar seus lucros, não importando-se com a mortandade do povo.

Diante dessa luta de classes, onde o povo é obrigado a se aglomerar para trabalhar em nome do capital, por isso, é preciso que os trabalhadores se unam para derrotar essa política genocida.

Em Osvaldo Cruz, interior de São Paulo, um decreto da prefeitura proíbe a volta as aulas nas escolas públicas e privadas nesse ano. É preciso que os trabalhadores da educação façam assembleias para aprovarem a greve imediata em caso de retornar as aulas.

É preciso que esse decreto torne-se um decreto nacional, as aulas não podem de forma alguma voltar este ano, pois o país está ainda no ápice da pandemia, não há testes em massa, apenas pontuais.

Os governos, como o prefeito Bruno covas, o governador Doria e o presidente golpista Bolsonaro querem salvar os bancos, retornando as aulas esse ano, é legitimar o ano letivo, querem ver aumentar mais ainda o número de contaminação que oficialmente já está chegando às 150 mil mortes.

Diante dessa situação é preciso a unificação de todos os níveis educacionais para colocar em xeque essa política genocida dos golpistas. Retorno das aulas somente com o fim da pandemia e com a vacina, com isso, nesse ano torna-se inviável o retorno das aulas presenciais em todo o país, pois a contaminação e as mortes não recuaram nada que justifique a reabertura.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas