Unifesp e UFABC: golpistas atacam educação superior com corte de verbas

Student Protesters Over School Cuts in Sao Paulo

Da redação – Universidades federais de São Paulo também estão sofrendo com o corte de gastos do governo federal golpista.

A Universidade Federal Paulista (Unifesp) teve redução de 22,3% da verba (de R$ 125,9 milhões para 92,1 milhões). Já a Universidade Federal do ABC (UFABC) teve a verba diminuída em 60,3% desde 2013 e recebeu apenas R$ 48,6 milhões esse ano.

Essa situação levou as universidades a precisarem demitir parte dos funcionários terceirizados da limpeza e segurança. Fora isso, as obras de melhoria nas universidades estão paradas e a economia chega nas bolsas estudantis que também têm sofrido com os cortes.

A piora generalizada na educação brasileira pós-golpe segue o mesmo sistema de “sucatear para privatizar” que os correios e as refinarias de petroleo brasileiras estão sofrendo. O ataque é total, por isso, é preciso uma reação também geral. Só a greve geral, os estudantes e operários nas ruas, podem conter esse verdadeiro saque sistemático que o Brasil está sofrendo.