Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
greve_unicamp
|

Os funcionários técnico-administrativos da Unicamp estão em greve há mais de 16 dias, os trabalhadores reivindicam aumento de 12,6% relativos às perdas salariais. O Conselho Universitário  (Consu) homologa, no entanto aumento de 1,5% nos salários da categoria e dos professores. As negociações terão continuidade na reunião entre os reitores das universidades estaduais paulistas Cruesp e o Fórum das seis, entidade que reúne os sindicatos de trabalhadores da USP Unicamp e Unesp, nesta quinta-feira (07).

Funcionários em assembleia aprovam continuidade da greve

Os representantes dos trabalhadores esperam o continuação das negociações e o aumento do percentual, caso contrário a greve continua com a tendência a aderirem ainda mais setores.

As universidades brasileiras estão sob ataque constante dos golpistas no sentido do sucateamento e da posterior e paulatina privatização. Somente a luta dos trabalhadores e da juventude  pode barrar a política de destruição da educação dos golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas