Universidade Marxista
Universidade Marxista chega a próximo de mil inscritos e mostra o crescimento do PCO e de sua influência política, se transformando na referência na luta contra a direita
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
maxresdefault
Capa do curso | Foto: arquivo DCO

Nesta terça-feira (05/01) teve início a Universidade Marxista organizada pelo Partido da Causa Operária e pela sua juventude da Aliança da Juventude Revolucionária com o tema “O que foi o Stalinismo, uma análise marxista” apresentado pelo companheiro Rui Costa Pimenta.

Somente a Universidade de Férias organizada pelo PCO é uma enorme conquista do PCO, pois está na sua 46° edição e ocorre nos períodos de janeiro e julho desde a sua primeira edição. É maior e mais antiga atividade de formação da esquerda brasileira. E mesmo com a pandemia, a direção do partido viu a necessidade de manter a atividade não somente para a formação, mas para mobilização e crescimento em todo o Brasil.

O PCO estabeleceu uma meta ousada de mil inscritos para a Universidade Marxista e a partir desta foram organizadas todas as regionais do partido para o cumprimento e de envolvimento de outras pessoas que não fazem parte do quadro de militantes para participar.

No dia do curso, antes do fechamento desta edição do Diário da Causa Operária, o partido já contava com mais de 900 inscritos, ou seja, 90% da meta e caminhando para mil inscritos do curso que deve ser cumprido nos próximos dias.

Para isso foi realizada uma ampla campanha de divulgação do evento entre a juventude, junto aos trabalhadores nos locais de trabalho e de intervenção do Partido (como entre os metalúrgicos, trabalhadores dos Correios, professores, bancários, servidores etc.), nos bairros populares, bem como nas panfletagens, atos, vendas de jornais e outros locais em que os militantes do partido estiverem.

O número de inscritos já mostram que a 46° Universidade Marxista é a maior participação em atividades de formação do PCO desde sua fundação. Essa enorme mobilização que vai chegar facilmente a mil participantes demonstra o poder da militância de um partido revolucionário.

Apesar do PCO ser um dos menores partidos do país, tem a característica de ser um partido militante. A militância do PCO mostra que se pode mobilizar muita gente para atividades desde que se trabalhe em conjunto, e seja extremamente organizado e disciplinado. Duas características importantíssimas para um partido revolucionário.

Essa característica aguerrida e dedicada de seus militantes foi vista em diversas atividades importantes na luta contra o golpe, contra a prisão de Lula e pelo fora Bolsonaro, com mobilizações para Brasília, Curitiba, Porto Alegre e outras atividades que mostraram que é possível mobilizar.

Mil inscritos na Universidade Marxista é uma enorme conquista do Partido da Causa Operária e mostra o crescimento em números do partido e no crescimento ainda maior da sua influência política e visto como orientação política combativa e certeira entre toda a esquerda brasileira.

A 46° Universidade Marxista é fruto de um trabalho coletivo e militante do PCO, que mostra uma conquista histórica do partido mostrando o grande crescimento da organização, não a qualquer custo como nos outros partidos da esquerda, mas com base na formação, na militância e na luta contra a direita.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas